• OS LIMITES DO PROGRESSISMO:

 OS LIMITES DO PROGRESSISMO:

Sobre a impossibilidade de mudar o mundo de cima para baixo.

Autores: Raúl Zibechi e Decio Machado


SINOPSE: O fim do ciclo de governos progressistas na América Latina modificou por completo a região. As esperanças colocadas sobre eles, as expectativas, as disputas com as direitas latino-americanas, o imaginário do que é a esquerda; tudo foi arrastado por sua retração.  Em todo o continente vivemos uma hora obscura.  Em uma vista de longo fôlego, no entanto, o imperialismo, as forças neoliberais e os limites de economias estruturadas dependentes de maneira histórica são apenas alguns fatores que não chegam a explicar por completo essa abrupta queda em cadeia. A partir de um olhar crítico, claramente de esquerda antissistêmica, o sociólogo equatoriano Decio Machado, juntamente com o conhecido jornalista uruguaio Raúl Zibechi, realizam uma minuciosa avaliação da década do progressismo. Da Venezuela à Argentina, passando por Brasil, Bolívia e Equador, Machado e Zibechi chegam ao que talvez seja o núcleo de debilidade, contradição e limite daqueles governos: sua concepção sobre a mudança social, seu horizonte de transformação, em especial, seu exercício do poder estatal.  Em suma, o Estado e seus limites emancipatórios.



SOBRE OS AUTORES: Raúl Zibechi Jornalista e militante social uruguaio, colabora com organizações sociais, de bairro e meios de comunicação alternativos. Publica regularmente no Semanário Brecha, na revista MU, nos jornais Gara La JornadaRebeliónPrograma las AméricasAlai e Desdeabajo, entre outros. Entre suas publicações mais recentes se encontram Brasil potência: entre a integração regional e o novo imperialismo (2013) e Territórios em resistência: cartografia política das periferias urbanas latino-americanas (2015), ambos pela Consequência Editora, Contrainsurgencia y miseria. Las políticas de combate a la pobreza en América Latina (2010) eAutonomías y emancipaciones: América Latina en movimiento (2008). Decio Machado Consultor internacional em Políticas Públicas, Análise Estratégica e Comunicação. Membro da equipe fundadora do jornal Diagonal e da revista El Hurón e colaborador habitual em diversos meios de comunicação na América Latina e na Europa. Investigador associado aos Sistemas Integrados de Análisis Socioeconómicos, diretor da Fundação Alternativas Latinoamericanas de Desarrollo Humano y Estudios Antropológicos (ALDHEA). P P

ssui

FICHA TÉCNICA:

EDITORA CONSEQUÊNCIA

ASSUNTO: CIÊNCIAS SOCIAIS, CIÊNCIA POLÍTICA

IDIOMA: Português                                                                                                                              

FORMATO: Brochura

TAMANHO: 23,0 x 16,0cm

EDIÇÃO: 1ª – 2017

PÁGs. 160

LOMBADA: 0,9 cm

ISBN: 9788569437291

OS LIMITES DO PROGRESSISMO:

  • R$ 28,00


Etiquetas: OS LIMITES DO PROGRESSISMO: Sobre a impossibilidade de mudar o mundo de cima para baixo, ISBN: 9788569437291, autores Raúl Zibechi e Decio Machado